Cirurgia Minimamente Invasiva para Hemorróidas – Anopexia Grampeada

01/12/2016

 

A anopexia grampeada – ou fixação do ânus com uso de grampeador – foi descrita por Mario Pescatori em 1997, a partir da observação de que nas anastomoses grampeadas baixas em cirurgias onde o reto era quase todo removido havia expressiva correção do prolapso hemorroidário.

Pouco depois, Antônio Longo desenvolveu o grampeador para a anorexia grampeada e sistematizou o PPH, sigla para “Procedimento para Prolapso Hemorroidário”.

Este procedimento apresentava como grande vantagem a correção de hemorróidas exteriorizadas com ou sem sangramento sem que houvesse cortes externos. Como resultado, recuperação mais rápida, retorno precoce às atividades cotidianas e menos dor no período após a cirurgia.

Mais recentemente o procedimento foi ligeiramente modificado após o emprego do grampeador EEA HEM, um grampeador desenvolvido pelo Prof. Sérgio Regadas, fabricado e comercializado mundialmente pela Covidien – Medtronic. Dentre suas vantagens está a possibilidade de “calibrar” a quantidade de tecido a ser removido e graduar o quão alto se deseja fixar o canal anal já que o grampeador permite remover mais do dobro de tecido, se comparado ao grampeador PPH original.

Por ocasião do lançamento deste grampeador, fui convidado para ministrar diversos treinamentos e cirurgias ao vivo por todo o país. Desta época é esse vídeo, que descreve passo a passo a operação.