Doença Hemorroidária: Tratamento Cirúrgico – PPH e a Anopexia com EEA hem

24/11/2016

Tratamento Hemorróida

Há pouco menos de vinte anos, foi proposta pelo Prof. Antonio Longo a Anopexia Mecânica ou PPH (Procedimento para Prolapso Hemorroidário), técnica que utiliza um grampeador especial descartável, com grampos de titânio. Nesta técnica, uma faixa da camada mais interna do reto é removida e a porção das hemorroidas internas prolapsadas (ou seja, exteriorizadas) são novamente fixadas na sua posição original. Em geral, o paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia da cirurgia e é liberado para retomar suas atividaes cotidianas (exceto atividades físicas intensas) em uma semana. Os resultados são excelentes, apesar de que haja um pouco mais de recidiva, ou seja, retorno das queixas após a cirurgia, segundo alguns estudos que avaliaram os resultados tardios do PPH comparando-os com os das técnicas que removem as hemorroidas. É utilizado para DHI e DHM, com predomínio de queixas relacionadas às hemorroidas internas. Pode ser associada às técnicas excisionais, excepcionalmente.

Recentemente, um novo grampeador tem sido empregado mundialmente para realização da Anopexia Mecânica, com excelentes resultados. Trata-se do grampeador EEA HEM, um equipamento descartável desenvolvido pelo Prof. Sérgio Regadas, cujas pesquisas clínicas que culminaram em seu desenvolvimento foram realizadas em nosso país. É capaz de remover mais tecido e fixar satisfatoriamente hemorroidas mais volumosas. Na COLONO, estamos entre os pioneiros nesta técnica em nosso país, tendo inclusive treinado cirurgiões em diversas partes do país no domínio de seus aspectos técnicos.

Assista ao Vídeo: Cirurgia Minimamente Invasiva para Hemorróidas – Anopexia Grampeada