Como funciona o PPH (Procedimento para prolapso hemorroidário) e quando realizar o tratamento?

18/01/2018

Conheça mais sobre o PPH (ou procedimento para prolapso hemorroidário): técnica cirúrgica que visa o tratamento das hemorroidas com rápida recuperação do paciente.

As hemorroidas podem ser caracterizadas como veias dilatadas que, interna ou externamente, se encontram na borda anal e podem causar muitas dores (ao evacuar, andar ou sentar).

Além disso, pacientes com hemorroidas podem apresentar coceira, dificuldade para defecar e saliência anal. Sangue por vezes também pode ser encontrado na região, sendo ele de origem externa ou interna (observação de sangue nas fezes).

Comumente a hemorroida pode ser causada por prisão de ventre crônica ou má alimentação (pobre em fibras, por exemplo) e o tratamento costuma envolver apenas algumas mudanças de hábitos e precauções, tais como:

• Ingerir água com regularidade;
• Dieta rica em fibras;
• Evitar o atrito da região com o papel higiênico;
• Evitar esforço físico.

No entanto, em alguns casos a hemorroida pode não desaparecer ou mesmo apresentar reincidência, sendo necessário algum outro tipo de tratamento, desde a ingestão de medicamentos a procedimentos cirúrgicos.

Assim como em outros tratamentos, com as hemorroidas é possível a utilização de técnicas cirúrgicas minimamente invasivas, como o PPH. mas o seu uso irá depender de vários fatores, incluindo o tipo de hemorroida analisado.

O que é o PPH (Procedimento para prolapso hemorroidário)?

Como dito, se trata de técnica cirúrgica minimamente invasiva que visa o tratamento das hemorroidas.

Procedimento para Prolapso Hemorroidário

 

 

 

 

 

 

O procedimento é caracterizado pela fixação das hemorroidas prolapsadas em suas posições originais, ação facilitada pelo uso de um grampeador específico e utilização de grampos de titânio.

Quando o procedimento para prolapso hemorroidário deve ser indicado?

A técnica é normalmente indicada para pacientes com hemorroidas internas de Graus II e III (nos quais pode ser observado prolapso que reduz de forma natural e o que necessidade de manobra manual, respectivamente) e que não apresentaram resultados com outros métodos (como a ligadura elástica).

No caso de pacientes com hemorroidas de Grau I (no qual não é observado prolapso), o tratamento consiste basicamente em dieta rica em fibras e ingestão de água.

Já em casos de indivíduos que apresentam hemorroidas de Grau IV (quando o prolapso não reduz), é comum que o procedimento tradicional (cirurgia convencional) seja o mais indicado por apresentar os melhores resultados.

A ligadura elástica, para os pacientes com Graus II e III pode ser tão eficiente quanto a cirurgia, porém, pode não gerar resultados e abrir caminho para tratamento com o PPH.

Quais são as vantagens do PPH?

Por se tratar de técnica cirúrgica minimamente invasiva, o PPH apresenta uma série de benefícios para o paciente em relação ao procedimento tradicional.

Dentre eles, podemos citar a menor dor pós-operatória e o retorno precoce às atividades cotidianas com menor tempo de internação (podendo receber alta hospitalar no mesmo dia do procedimento).

Tanto para indicação do PPH (procedimento para prolapso hemorroidário) como para qualquer outro tratamento para hemorroidas, é fundamental que o diagnóstico seja feito por um especialista.

Ele será o responsável por encaminhar ao paciente o melhor procedimento. E a importância dessa indicação pode ser destacada quando se observa que apenas uma minoria dos casos de hemorroidas precisa de tratamento cirúrgico.

Caso você deseje agendar sua Consulta na Clínica Colono, basta nos enviar uma mensagem pela página de contato ou então falar diretamente conosco pelo nosso WhatsApp.

Assista ao Vídeo: Cirurgia Minimamente Invasiva para Hemorróidas – Anopexia Grampeada