Colonoscopia

A colonoscopia é um exame seguro, comumente realizado por um colonoscopista (ou mesmo um endoscopista ou proctologista), no qual um endoscópico (um tipo de sonda) com uma câmera na ponta é inserido no ânus com a finalidade de observar possíveis lesões na parede do intestino.

Veja mais informações sobre o procedimento de Colonoscopia realizado pela Clínica Colono em Brasília-DF:

No exame, são observadas as paredes do intestino grosso e partes do delgado (como o íleo), podendo ser retirados pólipos (protuberâncias nas mucosas, normalmente observadas no cólon) ou partes do tecido lesado para biópsia.

Essas partes do tecido são retiradas por uma espécie de pinça, utilizada através do colonoscópio.

Quem deve realizar a colonoscopia?

Sob orientação médica, pacientes com dores abdominais recorrentes, assim como diarreias e sangramentos podem receber a indicação do exame.

Da mesma forma, indivíduos sob hipótese de câncer intestinal ou com histórico de remoção de pólipos podem ser submetidos ao procedimento.

Quais as indicações para fazer a Colonoscopia ?

Muitas condições levam à indicação de uma Colonoscopia, como sangramentos percebidos ou ocultos nas fezes, alterações do funcionamento intestinal habitual de um paciente – como diarreias persistentes ou constipação que não podem ser explicados por mudanças na dieta -, anemias sem uma causa aparente, perdas de peso sem que haja uma explicação (como mudanças na dieta ou no nível de atividade física) ou mesmo histórico pessoal ou familiar de pólipos intestinais ou de câncer do intestino e reto.

Há ainda quem recomende, a todos os indivíduos que tenham acesso à realização do exame, a realização de ao menos uma Colonoscopia a partir dos cinquenta anos.

Seu médico será capaz de identificar algum desses fatores e decidir junto com você sobre a solicitação do exame.

Onde realizar esse procedimento ?

A Colonoscopia é um exame que está disponível em Brasília-DF na Clínica Colono.

Na COLONO, utilizamos equipamentos Fujinon, marca líder mundial na fabricação de equipamentos endoscópicos. Os equipamentos flexíveis, são reprocessados e descontaminados em alto nível (por meio de equipamento automático de reprocessamento – ENDOLAV), e são conectados a uma processadora de vídeo digital.

Esta combinação possibilita a geração de imagens de elevada qualidade dos segmentos intestinais examinados e o processamento completamente digital das imagens.

Além disso, na COLONO, você sairá da consulta com instruções escritas e detalhadas sobre o seu preparo e o telefone celular do médico que realizará o seu exame. Assim, em caso de dúvidas, poderá entrar em contato diretamente com ele para saná-las.

Como se preparar para a colonoscopia?

A realização de uma boa Colonoscopia requer um bom preparo de cólon, ou seja, a adequada limpeza intestinal. Em geral, o cólon (que é o nome que damos ao intestino grosso) está repleto de fezes.

O preparo possibilita a remoção das fezes por meio de medicamentos laxativos que provocam uma “diarreia”. Há várias modalidades disponíveis de preparo, que devem ser individualizadas para cada paciente. Ou seja: não existe um preparo padronizado que sirva para todos.

É preciso levar em conta as condições clínicas de cada paciente para escolher o preparo mais adequado para cada um.

Fatores individuais como idade, uso de medicamentos, problemas de saúde (diabetes, doenças dos rins, doenças do coração, para citar alguns) devem ser levados em conta pelo profissional que prescreve o preparo, e por isso é fundamental que seja realizada uma consulta antes do exame.

Assim, o médico que realizará o seu exame poderá conhecer as suas necessidades individuais e orientar o preparo correto para o seu caso.

Como é a realização do exame ?

O exame de Colonoscopia é um exame muito seguro e pode ser realizado de várias formas: sem sedação (método muito utilizado no Japão, por exemplo), sob anestesia geral e sob sedação consciente, método que preferimos como via de regra.

Quando o preparo de cólon é realizado, em geral o cólon fica vazio, ou seja, murcho. Para que seja possível uma boa visualização de todos os seus segmentos, é necessário que ar seja insuflado pelo examinador durante a realização do exame.

O desconforto experimentado pelo paciente durante o exame e devido à insuflação varia individualmente. Quando se opta pela anestesia geral, em geral o paciente nada sente.

Como se dá o resultado e o que pode causar alterações?

O resultado é considerado normal quando não há nenhuma alteração nas paredes abdominais.

Caso sejam encontrados pólipos ou algum tipo de lesão nas paredes do cólon, o exame pode ser considerado anormal e pode-se recorrer à retirada de parte do tecido para estudo da alteração.

O exame pode sofrer alterações caso o cólon não esteja suficientemente limpo. Nesse caso, o procedimento pode ser cancelado e remarcado.

Precauções e contraindicações para a realização da colonoscopia

Alguns cuidados são necessários para a realização do procedimento. Dentre as condições que tornam o exame adiável, podemos citar:

  • Histórico recente de infarto agudo do miocárdio;
  • Histórico recente de embolia pulmonar;
  • Gravidez (além da sedação ser contraindicada nos primeiros três meses de gravidez, a evacuação causa desidratação e deficiência vitamínica, prejudicial para o feto).

Além disso, a colonoscopia é contraindicada para indivíduos com obstrução intestinal, diverticulite (inflamação das “bolsas” presentes no intestino grosso), abdômen agudo (dor abdominal intensa) e megacólon tóxico (alargamento anormal do intestino grosso).

Variações da colonoscopia: retossigmoidoscopia e colonoscopia virtual

A colonoscopia virtual também serve para a localização de pólipos e tumores na região do intestino grosso. Apesar de ser pouco invasivo e não apresentar muitos dos inconvenientes do exame tradicional, o procedimento virtual, realizado por tomografia computadorizada, apresenta algumas limitações, tais como:

  • Dificuldade de diagnóstico de inflamações intestinais;
  • Impossibilidade de retirada de pólipos.

Já a retossigmoidoscopia é realizada com um aparelho menor, que só alcança porções iniciais do intestino (final do cólon). Tal procedimento permite a visualização de porções do intestino mais comumente afetas por lesões tumorais.

Caso você deseje agendar seu exame na Clínica Colono, basta nos enviar uma mensagem pela página de contato ou então falar diretamente conosco pelo nosso WhatsApp.